sábado

A Fada Avó


Ana, que a vida me premiou como amiga, vai ser avó...
Suas teorias sobre como deve ser uma avó são dignas de publicação nessa casa.

Vai lá:

"A avó perfeita devia portar três qualidades:

1- ter colo largo, quente, aconchegante.Colo capaz de curar coisas diversas: dor de tristeza , joelho ralado, saudade.

2- Saber fazer doces. Outras comidas são importantes; os chás são bem vindos. Mas os doces são fundamentais para o bom exercício da avocidade, em minha opinião. Nada se compara ao bolo quentinho da casa da avó, ao biscoito de polvilho, ao cheiro de canela que só é perfeito na casa da avó.

3- Em minha visão de neta , avó que se preza tem imperativamente de saber contar histórias.Nenhuma voz dá vida tão verdadeira aos contos de fadas, às fábulas, às lendas, como a voz ancestral de uma avó , por cuja boca gerações de mulheres nos falam.Se ela então souber inventar algumas, é o céu na terra."

Certamente que é uma descrição muito boa de uma avó. Ela é tal e qual a Vó Benta, das fábulas de Monteiro Lobato.

Aninha, meu abraço. Sei como este momento deve estar te fazendo feliz...
Um beijão

3 comentários:

ricardo disse...

sobre o quesito "saber cozinhar":

eu que o diga.
além do "carinho", claro (eu era o neto que mais apanhava, talvez porque porque fosse o que ela mais amava também), o que mais me lembra minha avó eram os pratos que ela fazia, e que eu faço até hoje (bem, pelo menos 50% do sabor original).

bjs,
ricardo

Malabei disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ivan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.